Terça-feira, 10 de Abril de 2007

O que é a música?

Que a música é uma arte não se pode negar, porém dar-lhe uma definição objectiva e universal já é outra coisa!

         Muitos são os músicos, os filósofos, os estetas que procuram ao longo de séculos dar a definição para esta arte, porém soam sempre incompletas ou unilaterais.

         Exemplos destes homens são Santo Agostinho (354-430) que diz que a música é a «Arte de bem movimentar os sons». Neste caso simplesmente se dá importância ao aspecto técnico da música. René Descartes (1596-1650), filosofo francês, define a música da seguinte forma : «o fito da música é de nos deleitar e despertar em nós diversos sentimentos». Proposição finalista que não abrange a essência da musica. Por sua vez Jean-Jacques Rosseau diz que a musica é a «Arte de combinar os sons de uma forma agradável ao ouvido». O que é agradável para uns não é agradável para outros. Como sabemos a música não trata só do que é agradável.

         Evidentemente que com isto não quero criticar estes pensamentos, nem os seus autores, nem mesmo a época em que foram produzidos, mas sim explanar que com eles não se consegue o conceito completo de musica.

         Então o que é a musica?

         Um pássaro a chilrear, o som das ondas do mar a quebrarem-se no areal da praia, os pedreiros nas obras a utilizar martelos pneumáticos, serrando, utilizando todo o tipo de maquinarias, como numa «sinfonia desordenada de ruídos»…Tudo isto é musica?

         Há uma questão importante a ser observada: a intenção de fazer musica, o desejo e a acção de criar sons. Podemos também reflectir acerca da intenção de ouvir algo como musica. Posso entrar num bosque e ter a intenção de ouvir o som das folhas ao vento como música. Então, a intenção de fazer e de ouvir sons torna-se importante para sabermos se «um amontoado de sons» é mesmo musica ou não.

         Portanto, a definição de «musica» é tão subjectiva quanto ela própria.

         No nosso dia somos confrontados com muitos géneros de «musica»… desde o pop, o rock, a musica popular, o rap, o hip-hop, etc.

         Contudo muitos de nós esquecemos ou não temos paciência para ouvir e apreciar a música de onde derivam todos estes géneros…a Música Erudita, normalmente intitulada de Musica Clássica.

         Para melhor compreender e usufruir uma peça musical é conveniente saber situá-la no tempo. Mesmo quem não tem formação musical, com algumas audições, rapidamente saberá distinguir, grosso modo, as várias fases, épocas ou eras da história da musica.

         Quais são estas épocas?

         - Musica medieval (antes do séc. XV): musica muito simples, dotada apenas de melodia e com ritmo irregular. Esta época relaciona-se com o movimento literário Trovadorismo.

 

         - Musica Renascentista (séc. XV) : Começa-se a repetição de melodias inteiras e surge a notação métrica, abandonando-se os ritmos medievais. Aumenta-se o uso de instrumentação.

 

         - Barroco (primeiro período no séc. XVI; segundo período no séc. XVII): Uso do baixo continuo, do contraponto e da harmonia tonal. Nesta época surgem os géneros musicais puramente instrumentais como suite e concerto.

 

         - Classicismo (primeiro período no séc. XVIII; segundo período no séc. XIX): é caracterizado pela claridade, simetria e equilíbrio. Este período coincidiu com o Iluminismo, que vem enfatizar a razão e a lógica.

 

         - Romântico (primeiro e segundo período no séc. XIX): o romantismo é mais flexível quanto ás formas musicais, focando mais o sentimento que a precisão.

 

         - Impressionismo (séc. XIX)

         - Expressionismo (séc. XX)

         - Modernismo (séc. XX)

 

         Estas três épocas representam a crise dos valores Clássicos, existindo alguns autores que consideram que representa uma progressão do estilo do século XIX, outros ainda, consideram que foi a completa negação do método de composição clássico.

 

         - Vanguardismo (séc. XX)

 

        

 

Mas mais importante do que conhecer as épocas onde se inserem as peças musicais, é saber ouvir…

         No mundo actual, com uma poluição sonora absurda, muitas vezes não nos damos conta dos sons que estão ao nosso redor. O músico e educador Murray Schafer tem alertado para esse problema: «precisamos parar e ouvir a «paisagem sonora» que nos cerca.»

         Vivemos num mundo cheio de sons, onde o silêncio absoluto, como diria o musico norte-americano John Cage, só existe com a morte.

         Faça a seguinte experiência em qualquer hora do dia, ou da noite: pare por um instante e ouça os sons ao seu redor, sons fortes, fracos, distantes, repetitivos, ocasionais, que lhe agradem ou incomodem, sons de máquinas, etc.

          Observe como existe todo um «universo sonoro», uma paisagem sonora que passa despercebida.

         O filosofo e poeta alemão Friedrich Nietzche disse um dia : «Sem música a vida seria um erro».

         Com toda a certeza ele tinha razão…

 

 

 

 

                                                                       Simão Francisco

 

publicado por simaofrancisco às 12:56
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De ¯`-._)¯`-._ deep_waters¯`-._)¯`-._ a 12 de Abril de 2007 às 18:02
Olá... Estive a cuscar o teu blog e gostei muito do que vi... Visita também o meu blog pessoal em http://_deep_waters_.blogs.sapo.pt/... Deixa as tuas sugestões ou comentários... Partilha também as tuas opcções musicais...

Porque a música faz parte das nossas vidas...


De Joana a 23 de Abril de 2007 às 16:56
Sem dúvida que "Sem música a vida seria um erro". Eu não consigo imaginar a minha vida sem música...
A música para mim é uma arte lindíssima... Não é que eu tenha muito talento para ela... Mas pronto... Acho que até sei apreciar a música mais ou menos... Acho que sei distinguir música de barulho... Mas pronto... Há que saber ouvir...

Para mim... A música é uma forma de expressão... De expressar os sentimentos daqueles que as fazem...
Há formas tão belas de nos expressarmos neste mundo...

Fica em Paz...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. De quem partiu....

. Arquivo fotografico

. o silencio perdido

. o silencio

. o deserto das cidades

. Simplesmente para alguem

. simplesmente para alguem

. Simplesmente para alguem

. Encontro Nacional ACR- Vi...

. O que é a música?

.arquivos

. Agosto 2008

. Outubro 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Contacto

simaofrancisco@sapo.pt

.As minhas Fotos

http://fotos.sapo.pt/simaofrancisco
blogs SAPO